NOTICIA

Especial Unreleased: (A) Katy Perry

Com objetivo de trazer algum entretenimento para os KatyCats durante a quarentena, estaremos lançando uma série especial de unreleaseds da Katy em parceria com o @katyspartofme_. Antes de mais nada, queremos relembrar vocês de lavarem sempre as mãos e permanecerem em casa até que seja seguro sair! Click here for an english version!

Nessa primeira parte, iremos falar sobre o álbum (A) Katy Perry!

O álbum (A) Katy Perry foi feito para ser a estreia de Perry sob o novo nome artístico de “Katy Perry”, assim como seu segundo álbum como artista solo. Ele deveria ser lançado depois do Katy Hudson (seu primeiro álbum). Anteriormente, Katy trabalhou como vocalista feminina ao lado da banda The Matrix, que tiveram seu álbum cancelado. O álbum foi gravado por Katy durante suas sessões de gravação com Glen Ballard. Ballard já havia produzido o álbum de Alanis Morissette, Jagged Little Pill, que foi lançado em 1995 e foi um verdadeiro sucesso. Katy pediu ajuda a Ballard, conhecendo seu trabalho para Morrisette, que teve uma grande influência em sua música.

Em uma entrevista ao Blender , Katy revelou que o álbum iria sair em 2005, dizendo:

“Meu álbum será mais rock, e é provavelmente por isso que meus pais acham que eu vou para o inferno!”

O álbum estava programado para ser lançado em março de 2005 nos Estados Unidos, sob o selo Java Records, de Glen Ballard, que na época era uma marca registrada do The Island Def Jam Music Group. O álbum foi arquivado depois que Ballard rompeu os laços com a Island Def Jam. Ballard então apresentou Katy a Tim Devine, executivo da Columbia Records, e ela foi contratada como artista solo. Nos dois anos seguintes, Katy escreveu e gravou material para sua estreia na Columbia e trabalhou com compositores como Desmond Child, Greg Wells, Butch Walker, Scott Cutler / Anne Previn, Matrix, Kara DioGuardi e Max Martin.

A música Simple foi usada na trilha sonora oficial do filme Quatro Amigas e um Jeans Viajante. Através de seu site Katy revelou que o álbum seria lançado no final do verão de 2006 pela Columbia Records. Naquela época, o disco ainda estava sendo produzido por Glen Ballard. O post oficial do site dizia:

“Definido para ser lançado no final do verão de 2006 na Columbia Records, o álbum de Katy será preenchido com os elementos que a tornam uma artista emocionante: diversão, rebelião, carisma e confiança. Além disso, sua imagem faz dela um ícone de estilo por si própria. Você simplesmente não pode tirar os olhos dela.” 

(A) Katy Perry acabou evoluindo para o álbum Fingerprints. No fim das contas o álbum também foi arquivado. O lançamento foi cancelado pela Columbia porque a gravadora não conseguiu descobrir como promover Katy. Algumas fontes de mídia afirmam que o álbum recebeu um lançamento limitado no Japão em 18 de agosto de 2005 por meios promocionais, mas, segundo Ballard o boato era falso. Seis das “melhores” músicas foram usadas posteriormente para o álbum de estreia de Katy na Capitol RecordsOne of the Boys.

Katy estava programada para lançar um DVD no outono de 2004, promovendo a si mesma e ao álbum, mas ao ser retirada da Columbia Records e com o cancelamento do álbum, a produção do DVD foi interrompida. Apenas um teaser do DVD foi lançado. O teaser incluía trechos dos videoclipes que Perry havia gravado para o álbum. Os videoclipes mostrados incluem Diamonds, Simple, Long Shot, Box, A Cup of Coffee e It’s Okay to Believe. Esses clipes nunca foram ao ar na televisão, mas foram enviados depois para o YouTube. Perry é creditado como Katheryn Perry nos vídeos. Confira o trailer do DVD:

Ouça abaixo o álbum (A) Katy Perry:

COMENTARIOS